FUNILARIA E PINTURA AUTOMOTIVA

O serviço de Funilaria* são técnicas que aplicadas em peças ou na lataria do veículo que sofreram algum dano, corrigem sua avaria.

Para isso o funileiro utiliza alguns materiais que vão de martelos especiais que garantem que a lataria volte ao seu estado original à utilização de folhas de flandres** (resultado de uma combinação de ferro e aço) que são moldadas de acordo com o formato da peça danificada e soldadas (solda Mig). Vale ressaltar que desamassar é indicado para pequenos reparos, como as famosas "raspadas". Entenda que todo retrabalho em chapa metálica (desamassar, esquentar, estanhar) provoca mudanças na resistência estrutural da chapa. Ela se torna menos maleável, mais rígida, e com o tempo e o uso do carro podem surgir deformações permanentes. Para oficinas que possuem solda MIG, este problema fica minimizado, pois a caloria da solda é concentrada em uma pequena área, preservando a estrutura da chapa.

O acabamento é realizado com o mínimo possível de massa plástica para evitar que o aspecto do veículo aparente ter passado por uma funilaria.

Na sequência ocorre o preparo para a pintura (fundo da pintura) que ainda não é a pintura final, mas é a etapa de disfarçar todo trabalho aplicado na peça até aquele momento.

Para finalizar, chega o momento da pintura que é um estágio bem importante. Todo carro possui uma cor padrão de fábrica (todo carro possui uma plaqueta com seu código fixado em alguma parte do veículo (lateral das portas; ou capo motor; ou porta malas; ou porta luvas) porém os elementos como o sol e as intempéries do tempo como as chuvas acabam "desbotando" essa cor. Dessa forma, a cor do seu carro não é a mesma com a qual ele saiu da loja e para que a parte arrumada não destoe do resto é necessário que o funileiro realize a adequação da cor. Outra atenção é que as tintas automotivas também possuem um tempo de cura (secagem) que varia de acordo com o fabricante. Estufas de secagem, que são um local apropriado, com temperatura controlada, abreviam esse tempo. Se a oficina que você escolher não tiver esse equipamento, saiba que, em alguns casos, você terá o incômodo de levar a peça repintada para polir depois de uns 2 meses do serviço realizado.

* Funilaria
Curiosidade, o profissional funileiro ainda é conhecido por lanterneiro no Rio de Janeiro e Minas Gerais; chapeiro na Bahia; flandeiro, folheiro ou latoeiro.

** Folhas de Flandres
Para que uma peça de um determinado automóvel possa ser consertada, é necessário que ela seja feita de um material chamado Folha de Flandres ou simplesmente Flandres. Esse material é feito quase sempre de uma combinação de ferro e aço. Trata-se de um material estanhado que possui um baixíssimo teor de carbono.

O Flandres é estanhado porque é revestido por estanho e, com as técnicas certas, pode ser remoldado. Dessa forma, quando acontece uma batida e parte da lataria do carro é amassada, ela poderá voltar a ser como antes desde que passe pelas mãos de um bom funileiro.

Uma curiosidade a respeito da Folha de Flandres é que, além de ser utilizada na lataria dos carros, também pode ser aplicada no fabrico de objetos de decoração, embalagens de alimentos como caixas de leite e demais produtos. Isso acontece porque se trata de um material muito resistente a corrosão.


POR QUE MARTELINHO DE OURO E MICRO PINTURA?

O tradicional processo chamado de MARTELINHO DE OURO é uma técnica artesanal que requer ferramentas especiais utilizadas na restauração da lataria do veículo sem a necessidade de pintura posterior.

Neste processo não são utilizados massa, lixa ou pintura, preservando a originalidade do veículo.

MICRO PINTURA é uma outra técnica de restauração de latarias de veículos que corrige pequenos arranhões, riscos, ralados ou descascados em seu carro, normalmente ocasionados por pedras e pequenos arranhões.

Estes métodos exigem muito cuidado e habilidade para garantir perfeição no acabamento final e sua principal vantagem está em relação ao custo e tempo de execução reduzidos sem prejudicar a originalidade do seu carro.

SOLICITE SEU ORÇAMENTO